UMA TEMPORADA A TRABALHO EM GUAIRA SP

uma temporada a trabalho em Guaira sp este foi o primeiro envolvimento meu que meresse ser contadorntenho muitos outros mas o primeiro parece ser muito especialrnme casei tinha vinte e seis anos minha mulher com vinte e cinco namoramos muito tempo até casar, somos daquele tempo que pra ter a mulher sá casando, depois que casamos seis meses ficamos juntinhos ai a empresa que eu trabalhava me colocou em uma equipe que sá viajava então minha primeira viagem foi para Guair sp, éta cidade fica perto de Barretos sp no primeiro dia que lá cheguei notei o olhar do dono do hotel para mim foi de baixo até em cima mais, tarde fiquei sabendo que ele éra bi casado, tinha um casal de filhos que tbm eram bi e faziam sexo entre eles, pra mim tudo isto éra muito bizarro, mas fiquei na minha a noite cheguei fui para meu quarto me deitei um pouco pois estava cansado do trabalho, de repente a porta do quarto se abre e o luis dono do hotel entrou, e disse vim trazer o papel que esqueceram de colocar em seu banheiro.rnele colocou o papel no devido lugar na volta passou a mão em meu pau sem dizer nada massageou fiquei assustado ele me disse calma!! voce gosta de ser chupado, disse que sim ai tirou meu pau pra fora e começou chupar nossa !! nossa éra bom demais,quando o pau já estava bem durou se virou de quatro e me autorizou me enfia tudo isto em mim foi oque fiz,rnnão sei como fiz isto pois nunca havia feito estas coisas mas fiz gozei muito naquela bunda,num certo momento nos abraçamos e ele me deu um grande beijo mas foi um beijo demorado de lingua e tudo que tinha num salto ele estava com o pau perto da minha boca dizendo chupe que voce vai gostar muito dei uma lambida com nojo ele me forçou dizendo larga mão de ser enjoado abri a boca ele me enterrou metade daquela enorme pica naminha boca ai derepente comecei entrar naquele clima e chupei muito aquela pica enorme .rnai ele me puxou me virando de quatro me lubrificou com um creme que havia trazido no bolso e penetrou me rasgando minhas pregas e bombou forte até gozar quando ele tirou deu uma olhada no meu cú e disse que tinha machucado um pouco mas que não haveria problema que logo eu melhoraria e foi embora e eu fiquei deitado com o cu em brasas.passado um tempinho tomei banho demorado a medida que a agua passava pelo meu cú ardia muito, fiquei apavorado mas já estava feito agora tinha me acalmar, e esperar melhorar.rnme deitei e dormi, nem jantei no outro dia me levantei cedo encontrei ele no corredor me perguntou como eu estava, respondi que estava bem, mas que doia muito ele disse que que demois a mulher dele faria um curativo pra mim, tomei café fui ao quarto logo éla chegou e me disse pra tirar a roupa e deitar que ia me curar fiquei de quatro pela ela foi passando o dedo com medimento e dizendo pô meu marido estragou voce hein mas isto sara logo vou estar aqui pra te curar.rnfalando isto éla pegou meu pau do jeito que eu estava de quatro e engoliu tudo ficou chupando por uns vinte minutos gozei na boca dela e éla bebeu tudo e veio e me beijou de lingua.rnfiquei nesta cidade um mes fiz tudo que até aquela época eu não conhecia foi bom demais.rn rn