ELA QUER UM SUPER DOTADO (REAL)

Casei com uma mulher maravilhosa... 28 anos, Loira de cabelos cumpridos, atlética, de boa altura e com umas pernas grossas e um bundao tipo gostosona, abdominais a vista, em forma e forte. Os peitos grandes.. Uma gostosona. Nos primeiros anos eu comi ela muito, ela foi sempre bem comida, bem gozada e sempre com orgasmos bons. Ela quando faz sexo geme alto e grita como mulher que gosta de sexo e sabe ser comida. Fizemos de tudo, comecei a comer ela pelo cú. Se bem ela teve varios namorados nenhum tinha comido ela analmente, era uma virgem anal. Comigo ela começou a ser enrabada e a gostar de ser enrabada. Depois da primeira vez que eu a comí pelo rabo, alguns dias depois a peguei se masturbando no banheiro com o cabo de uma escova de cabelo enfiado no cuzinho... Ela tinha gostado...rnrnO meu pau tem uma cabeça grossa e ela gostava disso. Se bem ele é normal, até meio curto (14 cm.), a cabeça é grossa, o corpo é bem grosso também, arrombador, fica bem duro. Ela gosta muito e me achava bem dotado comparado com os seus ex namorados. Se bem um mulherão eu concluí que ela sempre tinha sido mal comida e com paus pequenos. Eu a comia bem, fodia ela gostoso, por muito tempo e fazia ela gozar como nunca, virava ela do avesso, pela boceta, pelo cú, de 4, frango assado,segurando os bracos por atrás e bombando ela de 4, com força e pegada firme, até ela gozar, sempre a minha prioridade era o seu prazer. Com o tempo, os anos, a boceta dela obviamente já estava bem mais aberta de tanto pau, o cú também bem treinado. A minha loira era uma balzaquiana de 37 anos bem comida e satisfeita.rnrnDepois de alguns anos comecei a ter fantasias vendos videos onde negões comiam loiras casadas... Batia muita punheta pensando nisso. Imaginava a minha mulher sendo comida por uns desses super dotados. Quando transava com ela comecei a falar se ela gostava de pau grande. Ela dizia que sim, que gostava da minha pica... Comecei a perguntar se ela não queria que eu tivesse a pica maior.. Ela no começo dizia que não, mas depois não gostava de algumas posições pois dizia que não chegava no fundo. Ela não gostava de estar por cima por exemplo. Gostava sempre de levar de quatro pois chegava mais profundo. Perguntei então se ela não gostaria que eu tivesse o penis mais longo. Ela disse que sim.... "Gostaría que fosse um pouquinho mais cumprido amor..." disse meio encabulada... Nás sempre tinhamos um dialogo muito aberto, sem problemas e sem complexos. Cumprido como? Perguntei. " Um que chegue até o umbigo..., sei lá... um pouquinho mais longo" me respondeu, "até aquí" e colocou o dedo no meu umbigo. Ou seja, ela queria uma pica de uns 20 cm...! " Gosto de penis grande e duro...Assim de grosso" disse fazendo um gesto com os dedos mostrando um grossor bem grande e dando uma risadinha safada mas timida ao mesmo tempo. Na verdade era fruto da nossa abertura sexual e comunicaç?o aberta e sensual quando falavamos de sexo.rnEntao para satisfazer a minha fêmea, sempre bem comida e satisfeita, uma vez comprei um extensor, aqueles que se colocam como se fossem uma camisinha, mas enorme, um penis extendido... coloquei antes de comer ela de 4. Como ela não via não sabia que eu estava com um extensor que deixava a minha pica mais gorda e de 19 cm... Enfiei na boceta e ela logo gemeu, gemeu diferente, mais gostoso... "Umm... que gostoso amor... Está bem grosso hoje...oque é isso? Ummmm, que gostoso..". entao enfiei pela primeira vez até o fundo...era a primeira vez que ela recebia 19 cm!! Ela gemeu alto e disse... "Ai amor, que gostoso, sinto muito no fundo! Ummmm...mete forte, vai tudo, vai fundo. Aiiiii..." Ela sentia o pau cutucando e empurrando o fundo da boceta depois de varios anos e os labios selando o caralho, esticando a xana e puxando os labios para fora cada vez que eu saia para entrar de novo. Antes a minha pica era suficiente, agora aos 37 anos e tendo sido comida de todos os lados e muito,este mulherão precisava de uma pica mais dotada.. Fui dando pau nela e ela gozou forte gritando: "é essa! Essa é a medida que eu quero!! . Aiiii aiii aiii esta é do meu tamanho!!" Gozamos juntos e logo rindo da loucura que foi...rnCom o tempo, meses, anos, começamos a fantasear que um massagista super dotado comia ela. Eu fazia massagem colocava o alongador peniano e comia ela com uma pica que ela sentia mais.... Depois tentamos uma que era de 19 cm, mas bem grossa, um pouco menor ao grossor de uma latinha de cerveja. A primeira vez ela ja falou que sentia muito gostoso... "Ai meu amor como é grande, estou toda esticada, esta bem grande amor, ai amor aaa, aaahh ahhh, como é grande esta pica!" Gemia como uma cadela no cio... gozando forte pediu para eu tirar e terminar bombando ela de 4 com o meu pau. Você quer o meu? Perguntei..." Sim, o teu amor, me acaba com o teu pau, vaiii!"...rnrnUma vez vi uma bem cara mas de altissima qualidade na internet, a textura era como se fosse real mesmo. Comprei e depois de umas semanas chegou via courrier. Tinha 22 cm e era muito grosso, a cabeçona grande, bem rombuda do jeito que ela gosta. 22 cm de puro cacetão grosso! Era do tamanho de um negão bem dotado. Ela nunca tinha levado uma assim..rnUma noite alguns dias depois, no meio do romance, falei que tinha uma surpresa. Aquela noite deixei ela primeiro bem amaciada depois de come-la uns 20 minutos e logo a posicionei de 4. Perguntei se ela gostaria de ser comida por um super dotado... Na excitação ela não duvidou e disse que sim... Coloquei o cacetão, o quarto em uma semi penumbra. Aquilo era muito real, ficava da temperatura do corpo, a textura identica, as veias, tudo muito real, era da cor de um mulato. Ela viu e disse..." Uau que grande! Meu amor me enfia essa...me da logo essa pica!" Ela voltou a se posicionar de 4, a sua posição favorita, como uma egua no cio, empinou o bundão, era uma visão de uma loirona bunduda, malhada, xana molhada e cor de rosa, uma boceta toda lubricada querendo sentirse arrombada, queria sentir a buceta sendo forcada pois é uma femea que gosta de sexo com S maiusculo, sentir a xana penetrada até o fundo e um pouco mais, estica-la até sentir no umbigo por dentro,....sentirse femea sendo comida por um macho cacetudo...rnVocê vai aguentar? "Sim..., vem amor, enfia". Comecei enfiando a cabeça rombuda... "ooooohhhh está grossa...ai amor... Sim! esta sim se sente bem grande...uuuuufff Mete mais, mas devagar, vai mete com carinho, devagar amorzinho, deixa me acostumar..." ela pedia... Lentamente fui penetrando ... Ela pedia para ir devagar pois abria tudo.... "Devagar amor,ai ai estou sentindo a minha buceta sendo toda aberta...Ai para...para! Nao...mete, mete mais, mas devagar amor...ufff...." Ela nunca tinha levado pica de super dotado e estava se acostumando. Deixei ela se acostumar e fui bombando devagar' ia colocando lubrificante cada vez que saia e entrava... Ela comeceu a gemer mais e a gostar, com o ky gel ajudando ela já começava a arfar e a dar gritos e gemidos fortes. Pedia para começar a aumentar o ritimo, já parecia uma puta no cio...era minha égua sendo comida como merece...com um cacete de cavalo. Nao tinha escutado ela gemer desse jeito antes. Gemendo e choramingando de prazer perguntou se estava tudo dentro... Disse que faltava ainda dois dedos... Quer levar até o talo? "Sim...sim, me enfia até o talo, vai amor....me mete até o talo, me arromba..." Empurrei... "Aaaaaaaiii,ela abriu mais as pernas tentando acomodar e dar lugar, ja tremendo apertava os lencoies, jogava a cabeca para tras e empinava o rabo.. perguntei se ia aguentar... "nao sei..é muito grande amor...vai devagar, ai amor...uuufff uuuffg". Esta gostando? "simmm começa a se mexer, devagar até o fundo... umm ummm, aahhgg" eu ia aumentando o ritmo e via como o cacetão estava todo melado com um creme branco do gozo dela e por causa das bombadas..., e ja completamente louca comecou a apertar os lençois e a gemer, choramingar e dar pequenas risadas nervosas no meio dos gemidos e palavras desconexas dizendo que estava muito grande... De repente ela gritou " Agooooraaa amoor, agoora!! naaao paara! nao para, agora! forte, forte, vai, vai, vaim, vaiiii!,, aaaaahhhggggg!No momento do gozo forte ela gritava como louca, pedia para bombar forte. eu tirava ate a cabeça da pica e enfiava de novo até o talo de uma. quando ia tirando parecia que a pica nao acabava mais de sair, era enorme. Eu completamente excitado de ver a minha fêmea assim fora de controle. Nesse momento perguntei... Voce quer a minha? Quer que tire esta e te coma com a minha pica? Ela respondeu.. " Nao! nao! Eu quero estaaaa! Me da esta, gosto desta...". Quer a minha? "Nao amor, me mete esta por favor!! Aaaai ai, esta, esta por favor...!" ela gozava uma atras da outra... E nao parava... "Vai amor, me me me fode, mexe, me da.. me da bombada..". Ela gaguejava entre os gozos. "Me arromba, aai estou toda arrombada!" Comecei a aumentar o ritmo mais uma vez, a entrar e sair. Saía ate o final e enterrava ate o talo... Ela gritava como fazia anos nao a escutava gritar, tremia, ..gemia diferente, era um gemido de gozo e de sentir uma pica super dotada entrar ate o fundo como ela queria, arrombar a boceta, faze-la sentirse uma femea, uma égua sendo montada por um garanhão... O caralho continuava cada vez com mais "creme" branco que era o gozo dela depois de levar tanta bombada. Ela tentava afroxar a buceta cremosa e rosa para permitir a enorme penetração... Ao tentar afroxar o máximo possível soltava pequenos peidos sem querer... e dizia, " desculpa amor estou toda entupida e está saindo ar pelo bumbum ao tentar afroxar a boceta." Eu nao ligava e dizia para ela fazer tudo aquilo que queira, gozar, gritar, gemer, peidar...vai amor, eu te amo, goza meu amor, você é minha! Eu sou o teu macho e você é a minha puta! a minha fêmea! Eu ficava mais excitado pois era evidente que ela estava fora de controle de tanto gozo. Eu bombava mais e batia no bundão dela, pegava e puxava os cabelos com uma mão e segurava na cintura dela com a outra, puxava a cabeça dela para trás e ela empinava o cuzão, montava a égua, mordia o pescoço da minha fêmea e continuava bombando o caralh?o nela. Logo no auge do terceiro ou quarto gozo forte, louca de prazer, virou-se rapidamente, pediu para eu deitar, subiu em cima, coisa que ela nao gostava com a minha, pegou a base do pirocão e sentou encima. Soltou um urro e gozando por ultima vez disse: "esta sim!!!! Esta sim me chega até lá, até o fundo!!! Aaiiii amor que cacete filho da puuuutaaa!! Ooooooooouuu, uuuuu, Aiiiiii....aiiii, me come caralho!!!!" segurava no meu peito e se movia em convulsões de orgasmos, com uma cara de extasis e os cabelos loiros suados na cara, jogando a cabeça para frente em espasmos... Gritou forte como uma gata no cio por uns 20 segundos, era um urro único, sem parar, parecendo uma louca... Caiu desfalecida no meu peito...por uns Minutos..Logo toda lánguida, trêmula, suada, suja de gozo, arrombada, cheirando a sexo, saiu de cima e disse.... "Wowwww.. amor! Quero isto pelo menos uma vez por mes! Gozei muuuito".rnDepois fiquei um pouco preocupado que ela sá queira pica grande. No meio do gozo em um momento ela tinha dito que a minha era para o cú, o tamanho perfeito para o anal, mas que para a boceta ela prefere e precisava de uma bem grande e longa as vezes... Mas logo depois concluímos que é parte da nossa liberdade sexual de casal feliz. Eu a como com a minha pica, pelo cú, pela xana, oral, dupla penetração com brinquedos, xingando, fantasiando e também, quando ela precisa e pede, com um super dotado...rnrnrn