MADRUGADA

Sou casado, mas somos bem liberais em relação ao sexo. Teve uma vez que a minha esposarnViajou para visitar sua irmã, e como eu estava sozinho no final de semana e não conseguia pegar no sono, inventei de procurar alguma garota de programa na rua. Peguei o carro e fui no ponto delas e pra minha surpresa havia uma travesti linda, passaria por mulher com facilidade em qualquer ambiente escuro, como nunca havia transado com um travesti quis experimentar, combinei o preço e fomos para um lugar ermo, como era de madrugada não achei perigoso. Ela ficou peladinha e tinha o corpo todo definido (deve ter gasto um bom dinheiro no silicone)rnE ela estava com o membro ereto, deve ter gostado de mim, kk, Sem pressa nenhuma me despiu e começou a me chupar de uma forma que fiquei super na tara, ela colocou a camisinha em mim e comecei a comer o seu cuzinho sem pressa nenhuma, quando eu dei sinal que ia gozar ela pediu pra parar e me deitou no banco do carro e começou a me chupar de novo, eu tava no delírio completo quando ela começou a forçar a entrada com o dedo no meu cu, como a minha esposa faz fio terra em mim, eu permiti e quando avisei que ia gozar ela apertou a cabeça do meu pau e pediu pra eu aguentar um pouco mais, ela veio por cima de mim e ficou na posição de 69, como eu tava gostando da situação comecei a chupar o pau dela, ela gemia com o a minha chupada e com o meu pau na boca dela abafando seu delírio,eu não resisto e gozo gostoso na boca dela, ela disse se eu ia deixa-la sá no tesão, falei pra ela pegar uma camisinha que eu colocaria no pau dela e chuparia até ela gozar, ela pediu antes pra deixar passar o pau na minha bunda,ficar sá roçando e tal, como eu tava no clima de sacanagem permiti, fiquei de quatro com os joelhos no assoalho do carro e o corpo no banco ficando de quatro mas sem posição de fuga. Ela ficava brincando o pau dela batendo na minha bunda e passando perto do meu cuzinho alargado pelo fio terra que ela me fez, como eu tava gostando e ela percebeu, pediu pra colocar sá a cabecinha, do jeito que eu tava excitado deixei na boa, ela colocou devagar e com muito cuidado, naturalmente que ela colocou tudo, não resisti e implorei a ela pra me comer sem dá, foder com força igual os machos da minha esposa fazem nela. Ela me arrombava todo e me masturbava, gozei de novo, a minha comedora anunciou o gozo e jorrou tudo dentro de mim, quando senti a porra escorrendo pra fora me senti o cara mais feliz do mundo. Foi a primeira vez que tive um pau dentro de mim, mas agora quando eu for fazer ménage com a minha esposa começarei a participar mais.rn